Summary

Uma empresa brasileira de venture capital que financia projetos no ramo da indústria de saúde em Angola, o Midras Partners for Business também apoia programas de caridade no sudeste da nação Africana. Os projetos apoiados pelo Midras na Angola incluem o Projeto Sorriso, Projeto Uhayele, e Projeto GAPA. Embora estes programas possuem mais de uma década, por mais de 30 anos os fundadores do Grupo Midras financiaram e gerenciaram empreendimentos do ramo da saúde em Angola. O Midras faz doações ao Projeto Sorriso, um projeto de saúde bucal baseada na província central de Huambo, que localiza-se aproximadamente a 280 milhas ao sudoeste da capital, Luanda. Primariamente servindo crianças entre 5 e 12, o Projeto Sorriso ensina e promove a higiene bucal. A organização distribui kits que contem uma escova de dente, pasta de dente, e material informativo, além de conduzir levantamentos de cáries e palestras. Com doações de empresas como o Midras, a organização não somente ensina as crianças sobre os cuidados orais saudáveis , mas promove cuidados pré-natais. Em outras palavras, o Projeto Sorriso procura que as futures mamães procurem avaliações bucais, um dos objetivos cruciais em uma região que possui superstições quanto ao fato de uma gestante poder ou não fazer tratamento dentário.Outro beneficiário das doações do Grupo Midras, o Projeto Uhayele, estuda as condições de saúde gerais e os cuidados em áreas rurais e oferece recomendações. O Projeto Uhayele tem como objetivo atender comunidades que estão especialmente vulneráveis à malária, malnutrição, baixa saúde maternal e altos índices de mortalidade infantil e feminina. Estabelecido em 2008, o programa lançou uma campanha de vacinações contra polio que alcançou mais de 70,000 crianças Angolanas . O Midras Partners for Business apoia integralmente as iniciativas de saúde do Projeto Uhayele. Um programa colaborativo conhecido como Projeto GAPA, ou Grupo de Amigos por Angola, foi inaugurado em 2006 para estimular iniciativas médicas preventivas em áreas de baixa renda da capital de Angola. O Projeto GAPA encoraja maior contato entre médicos da comunidade e a população general. O programa promove exames e consultas para combater a malária. Equipou módulos pediátricos e ginecológicos para realização de exames e a obtenção de medicamentos. Com o apoio de empresas como o Grupo Midras, o Projeto GAPA diminuiu o fluxo de pacientes para as salas de emergencias Angolanas e centros médicos

Work History

Work History

MIDRAS