Interest

Electrónica

Música

Criação de aparatos electrónicos musicais.

Informática

Web 2.0

Redes sociais

Livros

Cinema

Summary

Como professor há mais de uma vintena de anos e utilizador intensivo das novas tecnologias na sala de aula e na Web; como blogger há mais de cinco anos (com cerca de 400 visitas diárias em página educacional), posso afirmar que trarei à sua organização a experiência e inovação para elevar a motivação dos alunos, principalmente através do uso da tecnologia.

Work History

Work History

Professor

Escola Secundária Alfredo da Silva

A Escola Industrial e Comercial Alfredo da Silva – E.I.C.A.S. – foi criada em 27 de Dezembro de 1945, pelo Decreto n.º 35402, publicado nesta data, no Diário do Governo, e inaugurada a 12 de Janeiro de 1947.

Foi o primeiro estabelecimento de Ensino Secundário do Concelho do Barreiro, criada com o objectivo de formar trabalhadores qualificados que pudessem ser integrados nas novas indústrias que se estavam a instalar e a desenvolver no Barreiro, após o fim da 2ª Guerra Mundial.

Era costume que os Liceus e as escolas tivessem o nome de um qualquer patrono, que por norma geral era uma figura de destaque nascida na terra, neste caso o patrono é alguém que não tendo nascido no Barreiro, contribuiu de tal forma para o progresso e a grandeza desta cidade que a população manifestou o desejo  de que este nome ficasse ligado à sua nova Escola Técnica. Alfredo da Silva, é hoje considerado um dos maiores industriais e financeiros portugueses. À; sua obra deve-se a construção do Império do grupo CUF, que foi o maior motor de desenvolvimento urbano do Barreiro.

Com a expansão do grupo CUF e das suas fábricas do Barreiro e com o desenvolvimento das Oficinas da CP e de outras indústrias locais, verificou-se a necessidade de recrutamento de mão-de-obra especializada e de formação que superassem os tradicionais conhecimentos empíricos tornados obsoletos face à aplicação das novas tecnologias, criadas e desenvolvidas durante a guerra.

Em ligação com a Escola foi instituída uma Comissão de Patronato, constituída por delegados da Câmara Municipal, Organismos Corporativos locais – representativos das actividades profissionais e económicas cujo ensino era ministrado na Escola - , bem como das empresas industriais e comerciais que pudessem empregar os alunos e diplomados pelos diversos cursos. As necessidades de pessoal e do tipo da sua formação eram comunicadas à Escola, de maneira que o ensino/aprendizagem era direccionado nesse sentido e mantinha-se sempre actualizado.

Desta interacção, obteve-se excelentes resultados, tanto para os alunos como para as empresas da região, como posteriormente se constatou.

Estes cursos, possibilitaram ainda a muitos alunos, a continuação dos seus estudos, com boa preparação, nos Institutos Superiores e nas Universidades, onde muitos acabaram por se formar.

Mais recentemente, foi instituída uma Nova Reforma, tendo-se substituído os cursos atrás referidos, pelos actuais Cursos Tecnológicos, Cursos Gerais e Ensino Recorrente, cuja oferta desta Escola se pode observar no menu    « CURSOS ».

No tocante a acontecimentos ocorridos ao longo do historial da Escola, destaca-se as amplas obras de restauro do edifício, realizadas entre 1995 e 1996, que vieram proporcionar mais conforto aos utentes e as comemorações do cinquentenário, em 1997.

No que concerne ao segundo, foi criada uma Comissão, que realizou diversos eventos ao longo de todo este ano, tendo mobilizado grande parte da população escolar

No entanto, o ponto alto destas comemorações, foi a « Sessão Solene Comemorativa », em doze de Janeiro, que contou com a presença de um elevado número de convidados, entre os quais se destacam,  o Excelentíssimo Senhor Presidente da República, Doutor Jorge Sampaio, o Excelentíssimo Senhor Ministro da Educação, Professor Doutor Eduardo Marçal Grilo, o Excelentíssimo Senhor Ministro da Ciência e Tecnologia, Professor Doutor José Mariano Gago e o Excelentíssimo Senhor Director Regional de Educação de Lisboa, Doutor António João Sardinha.

Finalmente, a Escola Secundária Alfredo da Silva continuará a desenvolver um projecto educativo que, mantendo a tradição, terá em conta a realidade do meio e os desafios das novas tecnologias, sendo também um pólo dinamizador de um ensino de sucesso.

"Excertos do Livro do Cinquentenário, 1997"

Oct 1992 - Present

Professor

Escola Secundária Alfredo da Silva
Apr 1990 - Aug 1992

Adjunto de Director - Direcção de Aprovisionamentos

Hidroeléctrica de Cahora-Bassa

Responsável por toda a área de logística (aprovisionamentos, gestão de stocks e transportes) da empresa, cujos vários armazéns lidavam com produtos específicos da central, alimentares, mecânica auto, economato, e material de uso geral).

Responsável pela área informática da Direcção.

Jan 1986 - Apr 1990

Chefe de Secção - Serviços Centrais de Produção

Renault Portuguesa, S.A.

Co-responsável pelo abastecimento de todas as peças à linha de montagem, produtora de mais de duzentos veícuoos/dia, em sistema de gestão de stocks "just-in-time", "kanban" e outros sistemas tendentes à minimização de stock em fábrica.

Education

Education